• Comunicação - Flamengo Imperadores

Massoterapia x Covid-19

Como atualizar a Massoterapia em tempos de Covid-19.


A transmissão do novo coronavírus (Covid-19) se dá pela propagação de uma pessoa para a outra, por vias respiratórias. São emitidas por partículas mínimas que circulam pelo ar ao falar, tossir e respirar. É importante manter uma distância de 1,80m a 2m da pessoa infectada. O contágio também se dá pelo contato afetivo, podendo ser através de um aperto de mão, abraços e beijos. Existe a possibilidade indireta sobre a transmissão, fato que ocorre quando há algum tipo de toque em superfícies que estão contaminadas pelo vírus.


A Massoterapia tem um contato imediato entre o terapeuta e o cliente. Logo, medidas alternativas vem sendo colocadas como prioridades nesse momento de Pandemia, a fim de evitar o contágio do vírus. O Escalda pés é um ótimo relaxamento que mantém os pés sobre um recipiente de água quente. Podem ser adicionadas ervas no procedimento, entre outros produtos, que agem de forma positiva para a corrente sanguínea. A ducha de Vichy é uma terapia que avalia as tensões e o stress, promovendo o reequilíbrio físico e mental. A ducha é feita numa temperatura alta (semelhante a uma sauna), o que contribui para matar o vírus. O processo é uma ótima escolha.


Acessórios para a auto massagem também vão auxiliar nesse momento. Motorzinhos, bolinhas, bambu, entre outros, serão ferramentas essenciais para esse período.

Texto de autoria de Felipe Espíndola, massoterapeuta do Flamengo Imperadores.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Leitura muito importante em tempos de quarentena! Em artigo elaborado por Camila Rodrigues, gerente de marketing do Flamengo Imperadores, ela discute as dificuldades enfrentadas pelas equipes de comu

Chamada-manto.jpg